10/10/2018

Pedido foi deferido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial nesta terça-feira (9)


patentedetector

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) deferiu o pedido de patente de um sistema desenvolvido pelo Lactec para detectar desvios de energia elétrica em terminais de medição de consumidores em média tensão. O deferimento foi publicado nesta terça-feira (9).

A carta-patente de invenção deve ser emitida nas próximas semanas, a partir do pagamento da retribuição para expedição do documento. No relatório de exame técnico do pedido, emitido pelo Inpi em setembro, o parecerista Peter Michael Beer, explica que “a matéria reivindicada apresenta novidade, atividade inventiva e aplicação industrial”, tendo, portanto, condições de obter a patente pleiteada.

O pedido de patente foi depositado em março de 2007. Constam como inventores os pesquisadores João Adalberto Pereira, Ivan Jorge Chueiri, Giordano Bruno Wolaniuk e Guilherme Pereira de Resende.

O sistema desenvolvido pelo Lactec consiste em uma estrutura própria e específica do tipo eletroeletrônico para aplicação diretamente na identificação de desvios de energia elétrica em terminais de medição de faturamento instalados em entradas de energia de consumidores atendidos pela rede elétrica de média tensão. Com isso, possibilita de forma prática, segura e econômica uma completa otimização no processo de detecção de fraudes ou furtos de energia ocasionados por desvio ou por adulteração do medidor.

Ao todo, o Lactec é titular de 17 patentes de invenção ou de modelo de utilidade, individualmente ou em parceria, além de manter outros 95 pedidos depositados no Inpi à espera de análise. No final de julho, juntamente com a Feergs, a empresa obteve a patente de modelo de utilidade de um regulador de fases de baixa tensão (REGBT).