21/11/2018

Empresa subiu 16 posições em ranking elaborado pela Revista Amanhã e pela PwC


Fábio Dib, do Lactec (à direita), recebe o certificado do presidente do BRDE e ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti

Fábio Dib, do Lactec (à direita), recebe o certificado do presidente do BRDE e ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti

O Lactec é uma das 500 maiores empresas do Sul do Brasil, de acordo com ranking elaborado pela Revista Amanhã e pela PwC a partir de indicadores financeiros de 2017. O anúncio das empresas integrantes da lista ocorreu em cerimônia realizada na noite desta terça-feira (20), no Centro de Convenções da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre.

O Lactec esteve representado por seu gerente de Infraestrutura e Suprimentos, Fábio Dib, que recebeu o certificado referente à participação no ranking do ex-governador do Paraná Orlando Pessuti, presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). O evento de premiação contou ainda com a presença dos governadores eleitos nos três estados da região: Ratinho Júnior (PSD-PR), Comandante Moisés (PSL-SC) e Eduardo Leite (PSDB-RS).

Para o presidente do Lactec, Luiz Fernando Vianna, o crescimento da empresa e a presença na lista das 500 maiores do Sul pela primeira vez é resultado dos esforços empreendidos pela gestão e por todos os colaboradores da empresa nos últimos anos. “Trata-se de um importante indicador de que estamos no caminho certo”, diz.

A lista ‘500 Maiores do Sul’, considerada o mais importante ranking regional do país, é publicada há 28 anos e utiliza como critério de classificação um indicador exclusivo, o Valor Ponderado de Grandeza (VPG), resultado da média ponderada de três componentes do balanço patrimonial e demonstrações de resultados das empresas: Patrimônio Líquido (peso de 50%), Receita Líquida (40%) e resultado – Lucro ou Prejuízo Líquido (10%).

Na edição anterior da premiação, o Lactec ficou de fora por pouco: na posição 507, figurou na lista das empresas emergentes do Sul. Desta vez, o aumento no VPG fez a empresa subir 16 posições, passando a ser considerada a 491ª maior empresa da região.

Segundo dados divulgados pela Revista Amanhã, as 500 maiores empresas do Sul tiveram um faturamento total de R$ 537,5 bilhões em faturamento em 2017, um crescimento de 4,1% em relação ao faturado em 2016. Já o patrimônio das 500 cresceu 7,7%, para R$ 305,8 bilhões. A soma dos lucros líquidos chegou a R$ 36,8 bilhões, 9,5% mais do que no ano anterior. Entraram no ranking um total de 183 empresas do Paraná, 121 de Santa Catarina e 196 do Rio Grande do Sul.

Confira a página especial sobre o ranking